(11) 4266-0513 11 94797-6909

A importância da família no processo de recuperação de um dependente químico

A importância da família no processo de recuperação de um dependente químico

Por isso, é importante que os familiares participem ativamente de toda a recuperação do indivíduo, do convencimento da importância de parar de usar as substâncias, ao auxílio nos períodos de abstinência e nos dias finais, em que o homem ou mulher já está quase completamente livre de seus vícios.

 

Como a dependência química afeta o ambiente familiar

 

A dependência química de uma pessoa não afeta negativamente apenas a ela, mas sim a todas as pessoas com quem ela convive – parentes e amigos. Os primeiros efeitos da dependência são mudanças abruptas de comportamento, que prejudicam as relações com as pessoas. Dependentes têm a tendência de ser violentos ou hostis.

 

Com o tempo, estas pessoas passam a se isolar, pois suas mudanças de comportamento irão afastá-lo de seus entes queridos. O próximo passo do problema é financeiro: é comum que dependentes químicos se envolvam em dívidas ou até mesmo vendam móveis e outros objetos de sua casa para conseguir comprar mais drogas.

 

Como a família pode ajudar o ente querido neste momento difícil

 

As famílias percebem quando um ente querido está passando por problemas com substâncias entorpecentes, e quase sempre oferecem ajuda à pessoa nesta difícil situação. Entretanto, é comum que o próprio dependente químico recuse esta ajuda, por orgulho ou por achar que o seu problema não é digno de auxílio externo.

 

A família precisa conversar com o indivíduo a fim de mostrá-lo que o caminho não é esse, e encaminhá-lo para uma clínica de recuperação. As primeiras etapas precisam sempre ser feitas à base do diálogo, mas se necessário for, a família precisa contratar uma clínica para fazer a internação do parente contra a sua vontade.

 

Nestes casos, todo o procedimento é legal, feito com profissionais bem preparados para as reações do indivíduo, e com o conhecimento do Ministério Público, o que garante a lisura do processo de acordo com a lei.

 

Enquanto o ente está internado em uma clínica de recuperação, é função da família visitá-lo regularmente e garantir que ele se sinta amado e querido pelos entes queridos. Pois isso poderá dar a ele mais forças para lutar contra seus vícios, sair da clínica no menor tempo possível e voltar para o convívio familiar.

 

Quando a família abandona a pessoa dependente, ela sente como se não tivesse motivos para realmente abandonar seus vícios, o que pode dificultar no processo de recuperação do indivíduo em relação às substâncias entorpecentes.

A equipe da Clinica de Recuperação SP está a disposição para melhor orientar e atendemos todos dias nos telefones do site e também via chat online e whatsapp. Não deixe de nos procurar !