(11) 4266-0513 11 94797-6909

Tipos de Tratamento de Dependência Química

Tipos de Tratamento de Dependência Química

Tratamento em Hospital Psiquiátrico

Os tipos de tratamento para dependentes químicos alcoólatras em hospitais psiquiátricos se deu através da atual Política de Saúde Mental Brasileira, iniciada na década de 80 e sancionada em 6 de abril de 2001 pelo Congresso Nacional, a Lei Federal nº 10.216 (Planalto, 2001) que, posteriormente, em 06 de dezembro de 2011, incluiu aqueles relacionados ao uso de substâncias psicoativas (dependentes químicos).

As modalidades de internação psiquiátrica são:

I. Internação voluntária: aquela que se dá com o consentimento do usuário;
II. Internação involuntária: aquela que se dá sem o consentimento do usuário e a pedido de terceiro;
III. Internação compulsória: aquela determinada pela Justiça.

Grupos de Ajuda Mútua

É impossível falar de grupos de mútua ajuda para dependentes químicos sem mencionar os Alcoólicos anônimos. Sua história inicia-se no ano de 1935, em Akron, Ohio, quando dois homens que tinham problemas de alcoolismo e, apesar de várias tentativas de se libertar do vício, se encontram e decidem se reunir buscando ajuda mútua. Essa reunião cresceu e, em 1937 das pessoas que participavam dos encontros, 20 já estavam sóbrias. Hoje esse grupo é reconhecido mundialmente.

No Brasil, os mais conhecidos são AA, alcoólicos anônimos; NA - narcóticos anônimos, ambos utilizam a técnica de doze passos. Cruz Azul denominada como organização cristã, com a finalidade de ajudar o dependente e seus familiares, entre outras como: Al-Anon, Nar-Anon, Coda Brasil.

Comunidade Terapêutica

Comunidade terapêutica são instituições privadas, sem fins lucrativos e financiadas, em parte, pelo poder público para oferecer tratamento de drogas gratuito. Possuem um ambiente estruturado, e muitas vezes isolado dos grandes centros, em sua maioria são evangélicas. São destinadas para internação de usuários de qualquer tipo de drogas e, na maioria delas, a internação é realizada por um período de um ano de tratamento.

Essas comunidades oferecem internação voluntária e o seu tratamento segue praticamente os modelos de ajuda dos Alcoólicos e Narcóticos anônimos. Há uma estimativa, segundo o site do Senado Brasileiro, de que existem aproximadamente três mil comunidades terapêuticas espalhadas em todo o território brasileiro.

Clínica de recuperação

A clínica de recuperação é um lugar onde as pessoas buscam ajuda para se recuperar da dependência química, geralmente esses lugares são restritos por serem privados alguns seguem a denominação evangélica . A internações podem ocorrer por um período de tempo ou tratamento semi presencial, dependendo grau da dependência e de estrutura física do local. O tratamento para os casos mais críticos de dependência alcoólatras pode durar dias ou meses.

A escritora também aborda o tema clínica de reabilitação para dependente químico e cita:

“As clínicas de reabilitação oferecem serviços de internação e terapia. O nível de cuidado geralmente depende do grau da doença da pessoa que será tratada. Alguns dependentes químicos precisam de atenção constante, e só uma clínica de recuperação com internação pode oferecer o tratamento necessário. Outros dependentes conseguem superar o vício comparecendo a sessões de terapia. Isso vai variar com o grau de dependência e comprometimento do dependente químico.”

Os tratamentos oferecidos por essas clínicas de dependência química são realizados por profissionais da área da saúde e social, tais como: técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos, psiquiatra, psicólogos, assistentes sociais, etc. Algumas clínicas realizam internações involuntárias, com a autorização e solicitação da família.

A equipe da Clinica de Recuperação SP está a disposição para melhor orientar e atendemos todos dias nos telefones do site e também via chat online e whatsapp. Não deixe de nos procurar !