(11) 4249-2545 11 94797-6909

Como Tratar uma Pessoa Drogada

Como Tratar uma Pessoa Drogada

A dependência de drogas atinge pessoas de diferentes idades e classes sociais. O problema requer intervenção médica e, principalmente, a ajuda de amigos e familiares que possam apoiar o dependente químico.

 

Embora muitas pessoas acreditem que, para acabar com a dependência, basta o indivíduo querer, na prática não é tão simples. O vício em substâncias como crack, cocaína, heroína, ecstasy e álcool causa dependência física e psicológica e o usuário, normalmente, não é capaz de se recuperar sozinho.

 

Além disso, o dependente precisa enfrentar a abstinência, mal-estar causado pela ausência da substância no organismo e que pode ocasionar distúrbios emocionais e físicos. Por isso, o acompanhamento profissional é tão importante para direcionar o indivíduo para uma vida sem o uso de drogas.

 

Tratamentos para dependentes químicos

 

A mais comum e eficaz intervenção terapêutica para dependentes químicos acontece em clínicas especializadas, onde o indivíduo é internado e recebe o apoio de profissionais como médicos, enfermeiros e psicólogos. A internação pode ser compulsória, medida legal que não exige autorização do paciente.

 

O tratamento pode variar de dois a três meses e a internação pode ser parcial (apenas durante o dia) ou integral (permanência na clínica até a completa reabilitação). O usuário também fará uso supervisionado de medicamentos, principalmente para controlar o desejo urgente de usar drogas no início do tratamento.

 

Findo o período de reabilitação, pode ser necessário um acompanhamento do paciente por, pelo menos, seis meses. Isso porque é preciso trabalhar aspectos pessoais para que o usuário possa reconstruir sua vida. As recaídas podem acontecer e não devem ser encaradas como fracasso.

 

Outra maneira de lidar com o problema é levar o indivíduo a participar de reuniões em grupo, onde ele encontrará pessoas com os mesmos problemas. Ainda, pode ser importante o auxílio de um psicólogo ou psiquiatra para lidar com as inquietações do usuário e orientá-lo para que evite o consumo de drogas. Esse pode ser o início da reabilitação.

 

Como familiares e amigos podem lidar com a situação

 

Antes de tudo, amigos e familiares devem identificar no indivíduo mudanças comportamentais e marcas na pele que possam denunciar o uso de drogas. A observação do estágio de dependência auxilia na busca por soluções.

 

O apoio de entes queridos é fundamental para a reabilitação do dependente, pois mostra que ele não está sozinho nessa árdua caminhada. Também é importante ouvir o usuário e participar ativamente de sua vida, seja mandando mensagens ou convidando-o para atividades prazerosas.

 

É preciso, no entanto, que a família não ceda a qualquer tipo de ajuda financeira e imponha limites firmes para não ser manipulada pelo usuário. Esses limites, apesar de enérgicos, ajudam o dependente a não perder o controle.

 

A dependência de drogas pode ter consequências desastrosas tanto para o usuário quanto para os que convivem com ele. O ideal é que o problema seja identificado o quanto antes, para evitar implicações como perda de emprego e quebra de relações com pessoas queridas.

Os tratamentos oferecidos por essas clínicas de dependência quimica são realizados por profissionais da área da saúde e social, tais como: técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos, psiquiatra, psicólogos, assistentes sociais, etc. Algumas clínicas realizam internações involuntárias, com a autorização e solicitação da família.

A equipe da Clinica de Recuperação SP está a disposição para melhor orientar e atendemos todos dias nos telefones do site e também via chat online e whatsapp. Não deixe de nos procurar !